Um papo sobre ‘Identidade Profissional’

Em conversa com um amigo especialista em Gestão de Pessoas, refletimos sobre o peso da ‘mão invisível’ em nossas vidas e carreiras. Antes mesmo de entrarmos no mercado do trabalho, pessoas em volta já nos perguntavam: o que você vai ser quando crescer?  Talvez nem elas soubessem, imaginem nós?!

E com o tempo vimos que não bastava ter uma profissão apenas, mas seria necessário desenvolver ou aprender habilidades específicas. Não importa se for em sua área de atuação profissional ou se vamos mesclar nossos conhecimentos com um pouco de ciências biológicas, exatas ou humanas.

Após as reflexões, pensamos em alguns bons conselhos, que podem facilitar nossos negócios e vida, quando o assunto é ‘Identidade Profissional’:

1 – Pare de se apresentar como CEO, CCO, CFO e outras titulações, que só servem para seus poucos funcionários, e foque-se em seduzir com sua comunicação.

Se um pudesse lhe dar algum conselho, diria para denominar-se da forma mais clara que puder, para que consiga expressar uma ideia ou solução – de forma conceitual e chamativa.

Ser um Chief Executive Officer ou diretor executivo? A forma como se apresenta pode impedir a “venda” adequada de ideias ou soluções que tem interesse em comunicar, porque a comunicação está focada em sua vaidade. Tome muito cuidado com isso e mude sua rota!

2 – Ter muitas habilidades e não saber juntá-las é algo normal. O meu conselho é para que redescubra como usá-las a seu favor, neste momento de vida e carreira profissional. Ferramentas não faltam para cumprir essa meta importante.

3 – Procure especialistas em reputação e networking, focados em alinhar os discursos x imagem x objetivos. O caminho mais organizado está em corrigir trajetos e acelerar conexões humanas e negócios.

Bom, como o papo é sobre identidade corporativa, quero doar uma fórmula já transmitida a centenas de empreendedores, em busca de redefinirem suas Identidades Corporativas. Com certeza sua apresentação vai melhorar muito. Sugiro que teste:

Siga este formato e melhore ainda mais sua apresentação profissional. Replique o novo mini-currículo no LinkedIn, Instagram e Facebook, se tiver

4 – Selecione! Nada melhor do que estar em um ambiente de criação e construção, sem embates ou disputas tolas. Sugiro que para essa fase seja necessário selecionar três círculos de pessoas confiáveis que lhe tragam tranquilidade e ajudem em suas metas. Seja para a bem-estar pessoal, profissional ou social.

5 – Use ferramentas. O importante é selecionar quem já conhece e extrair o potencial dessas relações, entregando benefícios para todos que colaborem com sua carreira e vida. A ferramenta que indico para essa seleção é o Mapa dos Relacionamentos, criado aqui pela agência Comunicar Bem e distribuído gratuitamente. Basta baixar e começar a utilizar.

6 – Por fim, peço para que deixemos de arrogância ao querer convencer os outros de que estão errados e nos juntemos com quem está no mesmo caminho que o nosso, a fim de construir.

Se precisar de ajuda para desenvolver sua Identidade Profissional, manda um e-mail e conversamos: thiago.ermano@comunicarbem.com.br

Thiago Ermano

Networker, Comunicador e Estrategista para a formação de Redes de Relacionamentos. É Gestor da agência da Reputação e Network Comunicar Bem e criador da primeira Escola de Networkers da América Latina.

Sem comentários no momento

Deixe um comentário