Network no século XXI: técnicas para mostrar seu valor e conquistar aliados


Network no século XXI: técnicas para mostrar seu valor e conquistar aliados

O termo inglês network pode ser traduzido para o português como "trabalho em rede". Este termo refere-se ao uso de técnicas e ritos eficientes para gerar resultados pessoais ou profissionais.
Ter satisfação, ganhar mais tempo, gerar recursos, conexões emocionais e ter experiências são alguns dos benefícios de administrar os interesses de suas redes. Claro que ter uma comunicação bem alinhada e relacionamentos nutridos garantem um maior sucesso com pessoas que pretende se relacionar, no momento.
Se o dinheiro físico é a moeda mais desejada por pela maioria, a busca por conexões que gerem sinergia para nossos propósitos é o segundo desejo. Participar de experiências com quem temos afinidades completa a tríade das vontades atuais de quem pratica networking. Ao menos indicam muitos estudos sobre satisfação nos relacionamentos.
Há quase 80 anos, 720 pessoas são analisadas – de dois em dois anos – por médicos e cientistas da Universidade de Harvard. Desde 1938, eles realizam exames médicos, entrevistam os/as candidatos/as e conversam com suas famílias – inclusive, um foi presidente dos Estados Unidos. O ponto alto dessa longa pesquisa comprova que selecionar as pessoas com quem você convive é fundamental para se se conquistar o real bem-estar.
Outra conclusão desse estudo é que "pessoas que têm laços fortes vivem até 10 anos a mais, tem maior satisfação na vida pessoal e profissional e mantêm o cérebro mais saudável", afirma um dos atuais líderes da pesquisa, o psiquiatra Robert Waldinger.
Como você seleciona com quem vai se relacionar?
Existem alguns métodos interessantes para avaliar com quem você convive. Um deles é o Mapa dos Relacionamentos, criado para auxiliar qualquer pessoa na Gestão dos Relacionamentos – seja para avaliar ‘contatos’ pessoais ou profissional. Veja como funciona e utilize o modelo gratuitamente:

1 – A temporalidade e duração dos projetos contam, OK? Preste atenção nesse ponto. Exemplo: Com quem vou me relacionar em 2018? / Quem pode me ajudar nesse semestre, em minha carreira? Com quem me faz bem conviver este mês?
2 – Visão de mundo – Com uma metodologia simples e prática, a ferramenta avalia alguns quesitos vitais para as bases de relacionamentos sólidos: seus valores pessoais. Quanto mais pessoas forem ligadas aos seus propósitos, mais satisfatório serão os resultados. Estudos sobre comportamentos e antropologia apontam para este caminho;
3 – Selecione pessoas em suas redes sociais, agendas e cartões de visitas. Lembrem-se de sempre observar as três qualidades fundamentais para você se relacionar com qualquer pessoa, os seus valores mais importantes, no momento;
4 – Na Nova Pirâmide das 30 Necessidades Humanas – a releitura dessa análise de mercado, criada na década de 1960 pelo psicólogo Abraham Maslow, explica sobre as vontades da pessoas e a importância da criação de valores. Conheça:
O Mapa dos Relacionamentos utiliza a pirâmide reestruturada pelo especialista em analytics Eric Almquist – head de analytics da consultoria Bain & Company – como base para avaliação das 10 principais competências. Ele propões que no século XXI as necessidades do momento da humanidade é de receber retornos emocionais, sociais, intelectuais, materiais e sensoriais, para gerar satisfação nas relações de reais valores.

5 – Analise as 10 Competências mais comuns – Já selecionou pessoas, baseadas em seus valores atuais e limitou um período específico, sugiro que analise as seguintes questões:
VIDA PESSOAL – Estar perto da pessoa x gera Emoção positiva? Colabora com minha Intelectualidade? Gera uma atmosfera de Espiritualidade? Essa pessoa colabora para minha evolução Material? Me apresenta Pessoas interessantes? Tem outras afinidades pessoais?
UNIVERSO PROFISSIONAL – Este profissional tem capacidade de gerar benefícios para minha Carreira? Estar publicamente perto deste profissional me traz benefícios de Imagem e Reputação positivas? O profissional tem capacidade de me apresentar pessoas interessantes, que podem se tornar Parceiras em algum de meus projetos? Este profissional pode gerar Negócios para mim?
6 – Após estes procedimentos, chegou a hora de falar sobre o ‘fluxo das intenções’. Um ótimo momento para que avalie o valor dos relacionamentos a longo prazo. Sim, porque networking demanda tempo e agenda disponível e organizada. Para esta fase, há duas questões a serem analisadas, nas questões 7 e 8:
7 – Com esta pessoa podem me ajudar? Como posso recompensá-las? Se quer um empurrão na Carreira, lembre-se de que na pirâmide das novas necessidades humanas, no século XXI: as pessoas querem satisfação, recebendo retornos em dinheiro, em experiências ou em contatos emocionas.
8 – Se quer ajuda com profissionais que façam conexões para gerar Negócios, reserve um valor justo de 20%! Caso seu relacionamento fique tímido e não aceite dinheiro em espécie, converta o valor em presentes (vinhos, gifts, eventos) ou gaste junto o valor que reservou para recompensá-lo, oferecendo-lhe uma ótima experiência.
9 – Planejando pela fórmula Tempo x Pessoas x Recursos – Caso queira iniciar um grupo ligado aos seus propósitos, sugiro que se questione: Quanto de tempo tenho no dia a dia? Quantas horas tenho livre para me relacionar com as pessoas de meus interesses? Quanto de Recursos preciso para me relacionar individualmente? E quanto custará me relacionar em Grupo?
Acostumado a orientar pessoas que utilizam o Mapa dos Relacionamentos, posso afirmar que ao realizar pequenos eventos em casa, com datas fixas e constantes, você será capaz de gerar uma dinâmica sustentável para seu propósito e bolso. Saiba mais.
10 – Networking na prática. Relacionar-se é constância! O passo final para colocar em prática as revelações sobre pessoas e como podem colaborar mutuamente com seus propósitos, utilizando o método do Mapa dos Relacionamentos, é criar uma agenda, organizar os primeiros eventos pontuais (com pessoas mais importantes para seus projetos darem certo) ou em coletivo, em ambientes e pessoas que permitam descontração.
Por mês, realizamos entre 15 e 40 ações de relacionamentos para profissionais e pessoas com diversas visões de mundo, em busca de grupos que já tenham uma educação para a network do século XXI. Se tiver dúvidas ou interesse em consultoria, basta deixar uma mensagem aqui embaixo. Temos uma rede formada por Gestores, Relações Públicas, Jornalistas e outros influenciadores, para sua inserção em grupos afins. Saiba mais!
O tema te interessa? Sugiro que leia outros artigos relacionados:
Espero que tenha gostado do tema. Um abraço, e até o próximo artigo!
Thiago Ermano

Networker, Comunicador e Estrategista para a formação de Redes de Relacionamentos. É Gestor da agência da Reputação e Network Comunicar Bem e criador da primeira Escola de Networkers da América Latina.

No Comments

Post A Comment